Instalando o Selenium IDE no Firefox

CaixaPreta

Estou envolvido em um projeto na empresa em que trabalho, onde estou com a responsabilidade, entre outras, de procurar e testar ferramentar para ajudar na automatização de testes e auxiliar no processo de Integração Contínua. Então, sem mais delongas, vamos falar sobre a primeira ferramente que procuramos para nos apoiar no dia-a-dia.

Não sou a melhor pessoa para falar de cada tipo de teste. Nem sou a pessoa mais recomendada para falar dos conceitos que estão por trás desta área, que, por sinal está crescendo bastante, e é de extrema importância para o desenvolvimento de um bom sistema (finalizado dentro dos prazos planejados e daquilo que o usuário final esperava).

Por este motivo, serei bastante breve no que falo e principalmente, bastante direto.

Vamos instalar nesse primeiro post o Selenium IDE, que é um plugin para o firefox. Algumas de suas características são: é leve, intuitiva, têm um design bastante simples e limpo…

Primeira coisa que devemos fazer é baixar o Selenium IDE no seguinte link:

http://seleniumhq.org/download/

ScreenShot001

Após instalar o mesmo, já poderemos acessá-lo no firefox

ScreenShot002

Ao abrir a ferramenta, você irá reparar como ela é simples de utilizar. Seu funcionamento também é bastante simples. Quando você à abre, ela já está gravando suas ações na tela.

Então para servir de exemplo, vamos fazer o seguinte:

– Vamos acessar qualquer site. No meu caso irei acessar o site de minha empresa http://aramit.com.br

ScreenShot003

– Abra o selenium IDE. O mesmo já deve estar gravando as suas ações no browser. Caso não, aperte no botão de “record”.

ScreenShot004

– Faça alguma coisa no seu site e você irá perceber que o selenium está gravando todas as suas ações.

ScreenShot005

– Ao finalizar, pause a gravação do selenium pressionando o botão de “record” novamente.

– Rode o script no selenium, e veja ele reproduzir tudo que foi feito por você.

ScreenShot006

Nesse post vimos como instalar e como botar o Selenium IDE para funcionar. Em futuros posts iremos ver como gerar scripts em uma determinada linguagem, e como esses scripts podem nos auxiliar.

Abraço à todos.